Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Últimos assuntos
» Conceição...
Dezembro 1st 2015, 21:28 por Carlos Donizeti

» Eu acredito...
Agosto 9th 2014, 15:45 por Carlos Donizeti

» Meus momentos...
Agosto 9th 2014, 15:44 por Carlos Donizeti

» e-mail Reclamação contra o Banco do Brasil
Julho 18th 2011, 13:15 por carlos alberto jardim

» Eu cuidarei de você...
Outubro 12th 2009, 09:23 por Carlos Donizeti

» É assim que viverei...
Junho 27th 2009, 17:39 por Carlos Donizeti

» DICAS DE LEITURA
Janeiro 5th 2009, 18:04 por Carlos Donizeti

» A ti, meu amor...
Janeiro 4th 2009, 18:02 por Carlos Donizeti

» http://agbonesso.spaces.live.com/default.aspx
Outubro 12th 2008, 13:11 por Carlos Donizeti

Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Patrocinadores

Linho branco e Dama-da-noite

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Linho branco e Dama-da-noite

Mensagem  Carlos Donizeti em Fevereiro 23rd 2008, 20:13

Linho branco e Dama-da-noite

Eu me vesti do mais puro linho alvo, e enchi o meu íntimo de esperança para que pudesse por um pouquinho saber como que era bom sentir o amor. Passei a presumir com lindas rosas, e no auge de minhas ilusões, sentia nas noites o seu perfume a invadir o intimo de meu quarto. Passei a mentir para mim que no amor haveria justiça, meu coração ansioso e cego bradava em ritmo acelerado ao toque dos meus devaneios. Na minha loucura não fiz querela entre amor e paixão e assediado eu sonhava com rosas e namoro nas praças.
Divinamente sonhava a com felicidade, ao dar amor infindável, ah! Como era feliz na minha ingenuidade de criança inocente. Eu nem sentia que todos riam de mim era feliz com aquela que pensava ser minha amada, sem saber o motivo do perfume da flor chamada dama-da-noite e inebriado pelas fragrâncias eu peregrinava para a envelhecida solidão. Mas um dia eu vi aquela a quem tanto amava nos braços de outro trocando caricias, e num momento de delírio eu me aproximei, para que ela me olhasse bem no rosto, e visse o que é sofrer um desafeto. Mas, resisti as lagrimas, para que o amor a quem tanto fui fiel não percebesse o quanto machucava meu coração. Agora sei o motivo do perfume da dama-da-noite.



http://carlodonizeti.blogs.sapo.pt/
http://www.sitedoescritor.com.br/sitedoescritor_escritores_cdonizeti.html
avatar
Carlos Donizeti

Número de Mensagens : 25
Data de inscrição : 19/01/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum